Terras Altas 2011 – La Serena à Viña del Mar

Curtir Aguarde... descurtir
 
0


La Serena é uma cidade balneária muito interessante: tem litoral com areia (uma coisa meio rara aqui no pacífico), praias bonitas, casas e prédios de veraneio com estilo e até um cassino na beira mar.

Conhecemos a parrilada de mariscos, um prato típico aqui do litoral sereniano, uma espécie de cozidão de todos os tipos de bichos comestíveis marítimos, tomamos um bom vinho e aproveitamos a noite gelada da cidade.

O trajeto da ruta 5 Panamericana é um tapete, sem muitas curvas (mesmo sendo uma estrada predominantemente beira-mar), pedagiada e extremamente bem sinalizada. Conseguimos médias horárias surpreendentes e consumo de benzina (como chamam a gasolina aqui) bem baixo. Aliás, o combustível aqui é puro, sem álcool, o que deixa a central do carro feliz da vida.

Chegamos em Viña Del Mar um dia antes de um protesto que destruíram a cidade. Sorte ou timing, vai saber. Se fosse um dia depois, pegaríamos o protesto no meio do caminho.

As cidades litorâneas chilenas são muito diferentes. Vale a pena conhecer, e descobrir, no final das contas, que existe muito lugar que você tem que deixar de lado para continuar a viajar.

Fotos de La Serena à Viña Del Mar, com cachorros, é claro:

























Mais sobre o autor

Ralph Spegel

Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.

0 comentários

  1. Cadê o nome dos Rex?! E foram eles que comeram as bandeiras?! E é o fim deles ali, na foto onde o cara segura um bicho inteiro aberto?! Haha! 😉