Terras Altas 2011 – Curitiba à Barracão.

Curtir Aguarde... descurtir
 
0

A saída da expedição foi a partir de Curitiba (A). No mapa acima, a viagem passou por Guarapuava (B) e terminou em Dionísio Cerqueira (SC) e/ou Barracão, pois são cidades grudadas, fronteiriças entre os estados e entre a Argentina.

Guarapuava é a terra da parentada. Então o caminho é fácil e conhecido. Paramos na casa da minha avó, onde passamos uns dias para rever todo mundo e treinar um pouco a fotografia.

Aliás, começar a conhecer a métrica Nikon e suas contramãozices da Canon: coisas como a lente, que em uma encaixa sentido horário e na outra, anti-horário.

Seguimos direto de Guarapuava para Dionísio Cerqueira, uma cidade pequena e sem muitos atrativos. Cidade fronteiriça e pequena. Amanhã teremos uma pernada grande para Resistência, 660km até a beira do rio Paraná.

Como a viagem ainda não teve muitas novidades, seguem umas fotos do quintal da casa da minha avó, o mundão da minha infância de outrora:










Mais sobre o autor

Ralph Spegel

<p>Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.</p>

0 comentários