Vitrola no phono; Spotify no optical.

O dia em que eu resolvi comprar um toca-discos do Fofão e tocar uns bolachões. Mas deixei o wi-fi no apt-X para equalizar o socorro digital. A música sempre foi um acessório de consumo secundário na minha vida. Aquela velha história de prioridades e dissociações sem qualquer responsabilidade. Minha geração é de uma época…

Seu 2016 fechou com quem?

Dois mil e dezesseis foi bom. Muita coisa saiu dos eixos e a vida seguiu sem rumo certo. Apesar da boa maré, o clima pessimista sul americano beliscou muito e sem cessar. Quase sucumbi ao pessimismo e a eterna culpa da crise. E assim eu não pude visitar o Brasil. Ou não quis,…

Os caçadores virtuais

Meu meio social virtual deixou de ser politizado desde o momento em que houve a dança da magna-cadeira presidencial brasileira. Não sei bem qual foi a razão, mas o foco geral degringolou da política ferrenha para alguns momentos pontuais e sequenciais: zica; gente pedindo ajuda sobre empregos no exterior; a olimpíada no Rio; caçar…

As artes visuais

Todo dia preciso ser criativo. Sabe como é, a casa egége. Existem várias formas de se fazer criatividade, mas hoje vou ensinar a mais saborosa, que não tem adição de açúcar, lactose, frutose, mitose, meiose nem glúten   Redução emulsificada de criativo espitiçado Ingredientes: Um criativo sadio e sem casca; Saúde à gosto; 400g de…

O custo do relacionamento virtual-social

Aprendi uma palavra interessante dia desses: frenemy. É um termo antigo, que significa basicamente um inimigo que se passa por amigo. Ou um amigo que é amigo mesmo, mas um frenético competidor no sentido sujo da palavra. Como todo humano que preste eu tinha desenvolvido um conceito bem parecido de classificação de amizades pessoais; nada…

As 10 lembranças do passado que nunca esqueci.

Tenho a certeza de que todas as lembranças puras somem e tomam formas de contos de fábulas com o passar dos anos. Nossa cabeça é uma velha agoniada que transforma tudo que era horrível em heróico e o mais-ou-meninho em beleza furacão. E é por isso que escrever algumas das últimas lembranças puras que tenho…