Salto dos macacos

Curtir Aguarde... descurtir
 
0

Bate-e-volta rápido para o Salto dos Macacos, uma cachoeira complexa situada na serra da Farinha Seca (25°24’6″S 48°54’45″W), do outro lado do conjunto Marumbi. A trilha de acesso tem aproximadamente seis quilômetros, com desnível de quase 300 metros de altura. Não é fácil. Cheia de complicações, falsas entradas, alguns bichos interessantes e muita umidade, o cansaço é estarrecedor.

A cachoeira é linda, mas extremamente perigosa. Composta de um imenso bloco granítico polido de quase 68m, é tombo na certa para qualquer um.

Aliás, ô lugarzinho pra matar gente! Aquelas pedras ensaboadas contabilizam um belo número de mortes nas costas.

O deslocamento total, desde a vila de Porto de Cima até a cachoeira, gera aproximadamente 18km de caminhada.

A foto abaixo tem a Célia no meio do monolito róseo, para ilustrar a dimensão do monstrengo. As seguintes, uma palhinha do que a gente encontra no caminho.

(As fotos estão embaçadas e fora de foco por dois motivos: a umidade no local é aterradora; o sol no local é aterrador. Some tudo isso e você percebe, no meio daquela luminosidade toda de meio-dia que toda-a-água-que-acumula-na-lente-evapora-e-acumula-e-evapora-e-embaça-os-filtros-e-lentes-internas-e-o-paninho-não-consegue-enxugar-o-que-evaporou-e-embaçou-e-a-paciência-esgotou-com-todo-esse-ciclo-interminável-e-vai-assim-mesmo-foda-se-vou-dar-um-mergulho. Isso é tirar foto na mata atlântica.)

Mais sobre o autor

Ralph Spegel

<p>Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.</p>

0 comentários

  1. Cara, precisamos marcar uma cerveja qualquer dia desses, porque tenho que pegar com você dicas de lugares desse tipo!

    Tudo bem que eu não bebo, mas isso é irrelevante, desde que você o faça. Do contrário, está inviabilizado o esquema!

  2. O salto e muito bonito mesmo, mas os comentários sobre o perigo “Aliás, ô lugarzinho pra matar gente!” são para os imprudentes, que não respeitam limites.