Londres X São Paulo

Curtir Aguarde... descurtir
 
0

Sempre me perguntam se eu acho carne para comer em Londres ou se é verdade que um aluguel aqui é mais caro que um rim no mercado clandestino. Respondo as mesmas coisas, mas vortemeia aparece um vivente a indagar os mesmos despropérios.

Claro que existe carne aqui. E é da melhor qualidade: aquela brangus que você comeu em uma charqueada no Uruguai? Originada nas terras altas. Quase o mesmo preço também.

O que acontece é que todo mundo tentar pensar em Reais, a moeda mais desvalorizada do faroeste mundial. Aí, negão, é claro que vai ficar caro pra cacete.

É por isso que eu fiz esse gráfico abaixo: uma historinha completa com objetos interessantes que existem para comparar: desde salários até o meio litro de chopp. Os números, mais do que necessários, convertidos em valores absolutos, para mostrar que é, no final das contas, tudo farinha do mesmo saco.

E é óbvio que o Brasilzão é bem mais chique e tende a cobrar mais. Mas como vocês aí ganham bem mais que os europeus (e é verdade isso: salarios finais brasileiros são quase 3x maiores que os europeus), isso é conversa para outro dia.

(Clique na imagem para ampliar o infográfico)

infografico: o preço das coisas em Londres, comparando com São Paulo.

Mais sobre o autor

Ralph Spegel

Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.

6 comentários

  1. Querido, que unidade monetária absoluta você usou? Não ficou claro. Converteu tudo pra dólar? Libra?

    No item moradia você escreveu “maiorua” na descrição.

    Incrível o infográfico, não só pela qualidade gráfica do material, mas pela riqueza de informação. Parabéns pelo trabalho, digno de um artista.

  2. Brasileiro reclama muito de preço de carro e de eletrônico mas nunca vi ninguém tentando boicotar plano de saúde ou escola particular nas redes sociais… ah, é verdade, iPad é item da cesta básica, esqueci… :S

    Esses movimentos pseudo-intelectuais feitos em redes sociais me dão náusea.

    Parabéns pelo infográfico, perfeito como sempre, brilhante ideia.