Informe Publicitário

Curtir Aguarde... descurtir
 
0

Tenho um amigo chamado Pererinha. Ele é meio esquisitão, mas muito gente boa. Eu o conheci quando ele fez a besteira de entrar na empresa onde eu trabalhava. O pior é que ele ficou amigo do Jéfson outra flor incheirável.

E a gente estragou ele. O cara, que outrora era afável e bondoso, tornara-se mesquinho, alcoólatra, cheio de manias estranhas e trejeitos malévolos.

Chegou ao fundo do poço quando matou um colega de trabalho descobriu que a empresa em que ele trabalhava não lhe garantiria uma aposentadoria cheia de mordomias. Largou a posição profissional, virou desempregado, foi despejado e perdeu a dignidade ao começar a furtar guloseimas em mercados e feiras.

Mas a vida é cheia de sorte e revés, o jovenzinho conseguiu se reerguer, largou a bebida, empregou-se novamente, garantiu renda, casou.

Mas ainda está passando um perrengue danado.

E por conta disso ele resolveu ter a brilhante idéia de mendigar fundos para seu sonho mais promíscuo e esvoaçante: comprar um MacBook Pro.

Criou um site, meteu o tutano para relembrar das aulas de CCAA de trás dos montes e pá! Fundou uma nação de um domínio só com seu pedido oficial de ajuda.

Como a gente sempre sacaneou ele com montagens (o Pererinha era, de longe, a figura mais iconoclasta da empresa que sofria montagens engraçadas, como esta logo abaixo) Agora chegou a hora de se redimir.

Ajude-o na inclusão digital com o Apple da Familia. Divulgue nas listas do Yahoo, do Google Groups, parentes abastados, gente fina da melhor qualidade. Ele merece.

Enquanto isso postarei, semanalmente, montagens pertinentes que a gente fazia dele:

Pererinha, do site http://www.helpmetobuyamacbookpro.com/

Mais sobre o autor

Ralph Spegel

Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.

0 comentários

  1. Dae Peguega, que bom que largou a bebida e as drogas, se não tivesse entrado nesta roubada hoje vc tinha dinheiro com computer né… mas deixa pra lá…
    Uma pergunta, pra que um McBook de quase 5000US$ se vc pode comprar um excelente computador, core 3 trio com zilhões de memórias e discos e gravadores de DVD e webcam e ligthscribe e microfone e etc por no máximo 2500R$?????

    Vai entender estas frescuras de designer… ser bêbado e drogado eu entendo, mas viadice de designer não…
    Tudo bem, mas já que vc é meu amigo eu contribuo, mas só qdo receber pq este mês to no vermelho…
    []ção