Terras Altas 2011 – Santiago à Mendoza

O trecho do paso internacional que liga o Chile com a Argentina, pela RA-7 é um velho conhecido. Já passeei por ali antes, e rever algumas paisagens andinas nunca é a mesma coisa. As travessias andinas são caracterizadas justamente por essa imprecisão meteorológica e temperamental que as montanhas exercem na estrada. As cruzes no meio…

Terras Altas 2011 – Santiago

Santiago é uma cidade nervosa e envolvente. Os pedestres e ciclistas têm uma prioridade interessante nas vias, que por sua vez são autopistas expressas venais dentro do centro da cidade. Ficamos dois dias no meio de uns protestos interessantes patagônicos contra a construção de uma barragem em um parque. Aliás, o chileno é um camarada…

Terras Altas 2011 – La Serena à Viña del Mar

La Serena é uma cidade balneária muito interessante: tem litoral com areia (uma coisa meio rara aqui no pacífico), praias bonitas, casas e prédios de veraneio com estilo e até um cassino na beira mar. Conhecemos a parrilada de mariscos, um prato típico aqui do litoral sereniano, uma espécie de cozidão de todos os tipos…

Terras Altas 2011 – Antofagasta à La Serena

A viagem de Antofagasta para La Serena era para ser a mais cansativa e complicada: 800km em uma estrada litorânea e sem previsão alguma do que poderíamos encontrar. Mas, ao contrário do que pensamos, a viagem foi rápida, por estradas excelentes, um visual desértico que aos poucos deram as vezes de litoral. Primeira parada, na…

Terras Altas 2011 – San Pedro de Atacama à Antofagasta

Depois de 3 dias fantásticos em San Pedro de Atacama, pegamos a estrada novamente para Calama e em seguida Antofagasta. Estas duas cidades são ligadas pela mineração, ferrovias e história. Deixar San Pedro foi diferente: faltou conhecer muita coisa legal, faltou aquela perdida pelas ruas da cidade, escalar algum vulcão ativo, fazer um rafting ou…

Terras Altas 2011 – San Pedro de Atacama

San Pedro de Atacama é uma cidade única e completa: tem desde o famoso deserto mais seco do mundo, um salar gigante, flamingos, aduana chilena, lagos e lagoas salgadas e doces, vulcões ativos e extintos, gêiseres, fumarolas, neve, calor, frio e observatórios astronômicos europeus. Tudo a alguns quilômetros em volta. Sem exagerar, acho que é…