Como é navegar em um navio no rio Tâmisa

Das muitas curiosidades e lembranças que considero vivas na minha memória, posso citar 3 que são imbatíveis: o mar e seus acessórios; a evolução exponencial da tecnologia e Jacques Cousteau, o francês exótico, nos programas de televisão. O mar sempre me foi distante. Sou um cara do interior e nunca me tornei praieiro. A…

Os 40 anos da equipe Williams – e como fui parar lá

A Williams completou 40 anos de idade. Em um evento gigantesco, conseguiram colocar na pista – e ao mesmo tempo – 14 versões diferentes dos monopostos históricos; um show único e impressionante. Uma semana antes do GP de Silvertone o circuito sentiu nas zebras a pressão de 40 anos de história correndo ao…

The London Motor Show

A temporada de 2016 foi fantástica. Carros, motos, motor antigo, o cheiro da graxa renovada em camadas e sequências diferentes. A exposição de carros voltou para Londres depois de um tempo na surdina. A maioria das montadoras inglesas não se interessam por um show mais popular (e menos mediático) o que torna o ambiente mais pessoal e com empresas de…

As artes visuais

Todo dia preciso ser criativo. Sabe como é, a casa egége. Existem várias formas de se fazer criatividade, mas hoje vou ensinar a mais saborosa, que não tem adição de açúcar, lactose, frutose, mitose, meiose nem glúten   Redução emulsificada de criativo espitiçado Ingredientes: Um criativo sadio e sem casca; Saúde à gosto; 400g de…

Hyper Japan

Um final de semana fotográfico por uma feira japonesa em Londres. Com direito a mangá, cosplay, comidas e bebidas, bonsai, gente estranha, gente legal, ninjas, samurais, espadas e desfile de moda engraçado. Roda o VT:

O Soho de Londres

O Soho é o bairro central de Londres mais controverso que existe. Tem gente que adora, tem gente que acha um troço-pega-turista. Lá tem restaurante de todo o canto do mundo, livrarias, pubs, puteiros, sex-shops, bar gay, bar lésbico, bar de gente rica, clubes de gente descolada, chinatown e ême-ême. Tem pedaços elegantes e pontos…

Terras Altas 2011 – Araranguá à Curitiba

Último dia da viagem, últimos quilômetros para rodar. O trecho é um velho conhecido, rodovia quase inteira duplicada e sem o fantasma do perigo que já foi um dia. Saímos tarde do hotel, como um prenúncio de que o tempo era uma coisa irrefreável. A viagem foi quieta e tranquila, paramos no restaurante preferido para…