Casio QV-10

Curtir Aguarde... descurtir
 
0

Essas duas fotos aí são de um espólio de imagens herdadas de uma antiga câmera digital Casio QV-10, de 1996. A câmera tinha resolução de 320×240 pixels, ou 76kilopixels em um CMOS 1:1. Ou seja: as fotos estão no tamanho original de arquivo.

Apesar do tamanho pequeno, contava com três recursos incríveis: visor lcd colorido na parte de trás da câmera, com liveview, lente macro que era baixada manualmente na frente da lente original e foco manual opcional.

O preço, lá fora, era algo surreal: $1000.

Tinha algumas coisas inúteis que toda Casio herdou, como a lente que girava no corpo da câmera. A comunicação com o computador era porta serial e o download das imagens se dava unicamente por software proprietário.

Cadeira em close com a lente macro baixada.
Captação de luz e sombra adequada.

Mais sobre o autor

Ralph Spegel

Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.

0 comentários