A poesia do clique

Curtir Aguarde... descurtir
 
0

Dr. Ralph Spegel, M.S.C., emérito surrupião alvino, em artigo publicado na edição de Setembro de 2007 do periódico científico cibernético Divergentes Fronteiras Virtuais foi bem elucidativo ao enumerar as estratégias dos blogs legíveis em duas belíssimas categorias:

  • Os blogs com posts muito curtos, que não entediem o leitor, ávido por percorrer várias outras páginas, adepto da leitura frenética, acólito do culto à barra de rolagem, compulsivo da rodinha scroller-mouseana, investigando tópicos e os tomando como síntese da informação completa. Entregue-os o que melhor apetece à suas pressas: a velocidade da absorção visual é a síncope do escorreito saber.
  • Os Blogs com posts enormes, épicos em que, após um minuto de cronómetro analógico, não se consegue chegar ao final do post esfregando o mouse no paninho. Tal grupo de leitores não é adepto da compreensão absoluta, mas sim fragmentada, assim mesmo não pulando, lendo o texto por completo, sintetizando palavras, sorvendo conceitos, elucidando abnegações e disparidades, em um lúgubre exercício de desconcetração até o exato ponto em que as palavras lidas tanto-fez-como-tanto-faz e ele se joga num devaneio ébrio absorto. Ás vezes se cansam — é verdade — e saltam para uma outra página qualquer. Alguns clicam no “Continue lendo” e varam de onde pararam, para cima ou para baixo, não importa a ordem.

Mais sobre o autor

Ralph Spegel

Forte, estatura heróide, pálido de argila, barba inteira, rente, pontiaguda, vestindo corretamente, parecia à primeira vista uma dessas nulidades elegantes, a que a natureza, satisfeita por masculinizar-lhes o aspecto heróico, regateia lugar no espaço. Bastava porém, reparar na flexão das suas sombrancelhas espessas, na expressão imperativa do seu olhar, para descobrir dentro dessa míngua orgânica, um caráter em carne viva.

0 comentários

  1. Os primeiros são próprios para os leitores da geração “Alt + Tab”. Eu sou adepto tanto de uma quanto de outra modalidade, tanto escrevendo quanto lendo. Tudo vai depender da quantidade de café no juízo.