Quando o #FoMO leva fumo.

Eram as linguiças mais estranhas que eu já tinha visto. Muito grossas, pálidas. Não serviriam nunca para um bom assado. Mas vá lá, o propósito era desmanchá-las para um molho ragu. Tomo por tomo, uma a uma, lá se iam tripas para um lado e recheio para outro. O trabalho seguia um ritmo bom…